Paulistão Sicredi 2021

Com nove taças, Luxemburgo é o treinador mais vezes campeão paulista

Campeão novamente após 12 anos, treinador palmeirense supera Lula com quem estava empatado desde 2008

Publicado em 08 de agosto de 2020, às 19h15

Raoni David

Campeão do Paulistão Sicredi 2020, Vanderlei Luxemburgo torna-se o treinador com o maior número de títulos na história do Campeonato Paulista. Com nove conquistas, o técnico palmeirense se isola em relação a Luis Alonso Peres, o Lula, que venceu oito taças no comando do Santos na década de 1960. Luxemburgo conquista tal feito em quatro clubes diferentes.

Carioca de Nova Iguaçu, Vanderlei Luxemburgo da Silva foi lateral esquerdo de Flamengo, Internacional e Botafogo e como treinador chegou ao futebol paulista em 1989 para comandar o Bragantino. No time de Bragança Paulista conquistou o seu primeiro Paulistão, em 1990. Era apenas a segunda conquista de um time do interior de São Paulo na competição.

Prestigiado, chegou ao Palmeiras para ser o comandante do time montado para encerrar um jejum de 16 anos sem títulos. Com um elenco estrelado, conquistou o bicampeonato estadual em 1993 e 1994, além de uma série de outras tantas taças neste biênio. Voltou ao Palmeiras dois anos depois para fazer história com um time que encantou no Campeonato Paulista de 1996. Com mais de 100 gols, o time alviverde venceu os dois turnos com um futebol exuberante.

Após boas passagens por Santos e Corinthians, chegou à Seleção Brasileira em 1998, sem conseguir ficar no cargo até a próxima Copa, porém. Demitido, voltou ao time do Parque São Jorge onde conquistou o quinto estadual da carreira em 2001, superando Armando Del Debbio, até então o terceiro maior vencedor do estadual, com quatro títulos.

Com novo ápice na carreira após grandes trabalhos em Santos e Cruzeiro, chegou ao Real Madrid, da Espanha, onde ficou apenas uma temporada. No retorno ao Brasil reassumiu o time da Vila Belmiro onde conquistou mais um bicampeonato paulista em 2006 e 2007. Agora com sete títulos, Luxemburgo alcançava Osvaldo Brandão.

De volta ao Palmeiras em 2008, conquistou o primeiro tricampeonato pessoal do Paulistão e chegou ao topo da lista dos técnicos vencedores do estadual de São Paulo ao empatar com Luis Alonso Peres, o Lula, técnico do Santos que dominou o torneio na década de 1960.

4º na lista geral
Com o nono título do Campeonato Paulista, Luxemburgo também se isola como o quarto maior vencedor do estadual de São Paulo no geral. O líder dessa lista é Pepe, maior vencedor como jogador com 11 títulos com a camisa santista. Como técnico ganhou outras duas taças -com Santos e Inter de Limeira-, superando o recorde que era de Armando Del Debbio. Com oito títulos como jogador, todos pelo Corinthians, ainda ganhou outros três como técnico do alvinegro e mais um pelo Palmeiras. Também à frente de Vanderlei Luxemburgo nessa lista está o Rei Pelé, com 10 taças.

Técnicos que mais venceram o Paulistão na história:

9 títulos
Vanderlei Luxemburgo (Palmeiras: 1993, 1994, 1996, 2008; Santos: 2006 e 2007; Bragantino: 1990; e Corinthians: 2001)

8 títulos
Luis Alonso Peres, o Lula: (Santos: 1955, 1956, 1958, 1960, 1961, 1962, 1964 e 1965)

7 títulos
Osvaldo Brandão (Palmeiras: 1947, 1959, 1972 e 1974; Corinthians: 1954 e 1977; e São Paulo: 1971)

4 títulos
Armando Del Debbio (Corinthians: 1938, 1939, 1941; Palmeiras: 1942)

Maiores vencedores no geral:

13 títulos
Pepe (11 como jogador e 2 como técnico)

12 títulos
Armando Del Debbio (8 como jogador e 4 como técnico)

10 títulos
Pelé (todos com jogador)

9 títulos
Vanderlei Luxemburgo (todos como treinador)

8 títulos
Gylmar (todos como jogador)
Lula (todos como treinador)
Mengálvio (todos como jogador)
Neco (7 como jogador e 1 como técnico)
 Sicredi
DirectvGo
Vedacit
Odonto Company
Penalty
Kappa
Açúcar Guarani
Graacc
FPF Academia
iSPORTiSTiCS