Paulistão Sicredi 2021

Idolatria: Arnaldinho relembra ligação e celebra boa fase do Santo André

Ex-meia é o jogador com maior número de jogos pelo clube, com 470, além de ser o terceiro maior artilheiro, com 52

(Crédito: Arquivo Pessoal)

Publicado em 08 de julho de 2020, às 10h00

Por Luiz Minici,

A história dos grandes clubes do futebol é construída por personagens e não é diferente com Santo André. Dono do maior número de jogos com a camisa da equipe do ABC Paulista, o meia Arnaldinho deixou o seu nome gravado na história da equipe andreense e comentou o atual momento do líder do Paulistão Sicredi.

Anos dourados
De 1975 a 1986, o xodó andreense colecionou grandes momentos pelo clube como o acesso à elite paulista, em 1981, e à principal divisão do futebol nacional em 1984. Logo em seu primeiro ano no patamar mais alto do Brasil, o Ramalhão alcançou a terceira fase do certame e encerrou com o 10º lugar, sendo eliminado diante do Fluminense, que viria a levantar o título.

“Os anos 1980 foram marcantes para o clube porque conseguimos um acesso muito importante para primeira divisão e depois disputamos um Campeonato Brasileiro onde o clube se tornou muito conhecido no território nacional. Surpreendemos muitas equipes grandes. Eu tenho muitos jogos especiais, mas o jogo onde conseguimos o acesso à primeira divisão ficou marcado na minha memória, porque mobilizou o ABCD inteiro, emoção única e conseguimos retribuir esse apoio. Depois os jogos do Campeonato Brasileiro foram muito bons em especial com o Fluminense no Maracanã”, relembrou.

Com 470 jogos com a camisa do Santo André, Arnaldinho é o recordista em aparições na história do clube. Além disso, ostenta a marca de 52 gols, sendo o terceiro maior artilheiro do time andreense, atrás de Tulica (63) e Sandro Gaúcho (58). “Fico muito feliz por ter essa marca, já que nesses anos todos passaram grandes jogadores de muita qualidade. As lembranças são muitas porque foram 13 anos de clube, alguns momentos ruins e outros muito bons. Sempre tive muito incentivo e dentro de campo fazia o máximo para retribuir aquele apoio da torcida”, enfatizou o meia, que completou.

Boa fase
Natural da própria cidade que o abraçou como ídolo, Arnaldinho é coordenador de um projeto social da prefeitura local -Campos de Paranapiacaba- onde cerca de 1800 crianças com idade de 7 a 15 anos recebem inclusão social por meio do esporte. Com forte ligação com o clube, o ex-jogador comentou o atual momento do clube, que lidera o Paulistão Sicredi.

“Estava acompanhando e o time conseguiu fazer uma primeira fase brilhante, onde conquistou a maioria dos pontos dentro de casa, já que para um campeonato de tiro curto é super importante pontuar em casa. O time pegou confiança e deslanchou, mas agora na volta vai ser diferente porque alguns atletas que estavam no clube saíram”, concluiu.

Com mais duas rodadas para o término da primeira fase do Paulistão Sicredi, o Santo André é dono da melhor campanha geral com 19 pontos, na liderança do Grupo B. O time do ABC ainda enfrenta o Santos, fora de casa, e o Ituano, como mandante.

Foto1: Arquivo Pessoal
Foto2: Ale Vianna

 Sicredi
DirectvGo
Vedacit
Odonto Company
Penalty
Kappa
Açúcar Guarani
Graacc
FPF Academia
iSPORTiSTiCS