Esse é o Meu Gol

Há 30 anos, Dener marcava seu primeiro gol como profissional

Craque dava seus primeiros passos na equipe da Portuguesa, onde se destacou nos anos seguintes

(Crédito: Divulgação/ Portuguesa)

Publicado em 17 de junho de 2020, às 10h00

Há 30 anos, em um amistoso com o Ituano no estádio Dr Novelli Júnior, em Itu, o meia Dener marcava seu primeiro gol como profissional com a camisa da Portuguesa. Um dos grandes talentos do futebol brasileiro, o pauistano fez história no time do Canindé, mas deixou órfãos os amantes do futebol ao falecer em um acidente quatro anos após este primeiro gol.

Nascido em 1971, em São Paulo, Dener deu seus primeiros passos em campo aos 11 anos, já na Portuguesa, onde alguns anos depois surgiria para o futebol profissional. Neste meio tempo, por questões pessoais, se afastou do clube e deixou o sonho de seguir como jogador em segundo plano. Retornou em 1988 e foi promovido à equipe principal estrenado no profissional, em uma derrota para o Grêmio-RS por 2 a 1.

Em 1990, devido a Copa do Mundo, o Campeonato Paulista teve que ser paralisado. Para não perder o ritmo de jogo, a Portuguesa marcou um amistoso e, no dia 17 de junho, contra o Ituano, veio o primeiro gol de Dener, que entrou no decorrer da partida. A equipe acabou vencendo o jogo por 2 a 1, com Dener marcando o segundo gol.

Mesmo com a experiência no profissional, Dener jogou a Copa São Paulo de 1991, em que a Portuguesa se sagrou campeã vencendo o Grêmio-RS por 4 a 0 na decisão. Dener foi eleito o melhor jogador daquela edição. Ainda em 1991, foi convocado para a Seleção Sub-23, em preparação para as Olimpíadas. Ficou na equipe paulista até 1993, quando foi contratado por empréstimo ao Grêmio.

A equipe gaúcha estava de olho no jogador desde a final da Copinha e, em 1993, ele chegou a Porto Alegre, onde ajudou o time tricolor a ganhar o Campeonato Gaúcho daquele ano, sendo sua primeira conquista como profissional. No fim do empréstimo, retornou a São Paulo para vestir novamente a camisa da Portuguesa. Nas duas passagens, ele entrou em campo em 141 oportunidades, marcando 25 gols.

Em 1994, ele foi novamente emprestado, dessa vez para o Vasco-RJ, onde repetiu as boas atuações e foi novamente campeão, levantando a taça Guanabara. Ele ainda participou de uma excursão com a equipe vascaína pela Argentina e, mais uma vez, mostrou aquilo que mais sabia: jogar em alto nível, recebendo elogios até mesmo de Maradona. 

No dia 17 de abril de 1994, ele entrou em campo pela última vez, no clássico entre Fluminense-RJ e Vasco, que terminou 1 a 1. Dener foi expulso naquela partida e, como estaria fora do próximo jogo, resolveu voltar para São Paulo. Dois dias depois, o meia sofreu um acidente de carro e veio a falecer.

FICHA TÉCNICA:

Portuguesa 2 x 1 Ituano
Data:
17 de junho de 1990;
Estádio: Novelli Júnior;
Árbitro: Silas Santana;
Renda: Cr$72.000,00;
Público: 720 pessoas
Gols: Márcio Araújo e Dener (Portuguesa); Alberto (Ituano).

Ituano: Indisponivel.

PORTUGUESA: Sidmar; Luciano, Vladimir, Henrique e Júnior; Capitão, Toninho (Tino), Lê (Márcio Araújo); Jorginho, Sinval (Dener) e Luís Carlos (Carlinhos). 
Técnico: Émerson Leão

Foto: Divulgação
 Sicredi
DirectvGo
Vedacit
Odonto Company
Penalty
Kappa
Açúcar Guarani
Graacc
FPF Academia
iSPORTiSTiCS