Sociedade Esportiva Palmeiras
Brasileirão 2012
Entre rebaixáveis, Palmeiras enfrenta o bem colocado Internacional
Publicado em 04 de agosto de 2012 às 07h24

Na Arena Barueri, às 18h30 deste sábado o Palmeiras encara o Internacional, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O time paulista está na zona do rebaixamento, na 18ª colocação com dez pontos e precisa voltar a vencer, já que há duas rodadas não conquista pontos. Já a equipe gaucha é sexta colocada com 23 pontos.

Na véspera da partida o técnico Luiz Felipe Scolari ganhou problemas para a sua escalação. O zagueiro e volante Henrique foi julgado pela expulsão contra o São Paulo e terá de cumprir mais um jogo de suspensão, enquanto o meia Valdivia não se recuperou de um edema na coxa e também está fora. Felipão já não poderia contar com o zagueiro Román; os meio-campistas Wesley e Daniel Carvalho; e os atacantes Luan e Maikon Leite, todos machucados.

Mesmo assim, Barcos, artilheiro do Palmeiras nessa temporada confia no time para sair da situação incômoda que se encontra no nacional. “Temos uma grande equipe. Agora também vamos pensar em nos recuperar no Campeonato Brasileiro, certamente”, disse o atacante. O lateral-direito Artur fala sobre a confiança do comandante com o grupo. “O professor Felipão passa confiança para o grupo e sabemos que precisamos vencer esta e as próximas partidas para conseguirmos nos distanciar das últimas colocações antes de terminar o primeiro turno”, afirmou o lateral-direito.

Fernandão, técnico do Internacional, tem dúvidas para escalar seu time principalmente no ataque. Três jogadores brigam pela vaga: Jajá, Marcos Aurélio e João Paulo. Isso porque além da ausência de Leandro Damião na seleção, o treinador ainda não poderá contar com o meia D’Alessandro e com o atacante Dagoberto, ambos lesionados e vetados pelo departamento médico. A novidade no time de Fernandão é Nei, o jogador volta para a lateral-direita.

O técnico levará essa duvida até o último minuto, pois os três em questão são taticamente diferentes, porém dá indícios de que Jajá é o preferido. “O Jajá tem ajudado, mas é óbvio que em algumas ocasiões a parte técnica vai falhar. Mas ele ajuda defensivamente, tem que ter uma maior participação ofensiva, até pelo potencial dele. O torcedor chia porque sabe que ele tem muito a acrescentar”, disse Fernandão.

Ficha técnica

Palmeiras: Bruno; Artur, Leandro amaro (Thiago Heleno) e Mauricio Ramos e Juninho; Márcio Araujo, João Vitor, Marcos Assunção e Patrik; Mazinho e Barcos (Obina).
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Internacional: Muriel; Nei, Índio, Bolívar e Fabrício; Ygor, Elton, Guiñazu e Fred; Jajá (Marcos Aurélio ou João Paulo) e Diego Forlán.
Técnico: Fernandão.

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA);
Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Marcos W. Rocha de Amorim (BA);
Assistentes Adicionais: Andre Luiz de Freitas Castro (GO) e Leandro Junior Hermes (PR);
Quarto árbitro: Antonio Rogério Batista do Prado (SP);
Local: Estádio Arena Barueri, em São Paulo (SP);
Data: dia 4 de agosto, às 18h30.

Ficha Técnica
Presidente
Paulo de Almeida Nobre
Endereço
Rua Turiassu, 1840 CEP 05005-000 - São Paulo -
Telefone: 11 3619-1700 /3619 3170 (fax)

Web Site Oficial
www.palmeiras.com.br


Fundação
26/08/1914
Estádio Mandante

Palestra Itália
São Paulo
Mascote

Por mais que parte da torcida admita o porco como mascote, o periquito sempre foi o número um no coração palmeirense. A razão é simples: a cor verde. Desde o surgimento do clube, o pássaro que era visto com frequência nas árvores do Parque Antártica tornou-se a marca registrada do Palmeiras.
Apesar de seu desenho ser parecido com o do personagem das histórias em quadrinhos Zé Carioca, o Periquito do Palmeiras é um produto genuinamente brasileiro e foi criado em 1917, quando o personagem de Walt Disney ainda nem existia.

© 2014 Federação Paulista de Futebol - Todos os direitos reservados. FALE CONOSCO    |    EXPEDIENTE